Novidades100

CulináriaInternetDetonadosWallpapersPoesiasVideos

Consequência

Consequência

do mundo eu nada espero,
da vida eu nada cobro,
a prisão eu tenho como consequência da liberdade
envolvida nos prazeres
que os perigos nos propõem
arriscada pelo desespero
de consciências perdidas
assim eu vou vivendo a minha vida
sem de o tudo esperar nada
sem de o nada esperar tudo
vendo o mundo sem rumo
indo por um caminho escuro
em que a chegada não tem fim,
em que o fim não tem começo
assim eu vou ganhando o que mereço,
o desespero por debaixo de um pano,
a cada dia um recomeço,
a consequência de ser humano,
sem saber se o princípio
realmente terá fim
sem a certeza de que o início
realmente vai existir
assim eu vou perdendo a esperança que tive um dia
de ver o bem brotar em um planeta
habitado por injustos
que não sabem o que é viver.


próxima →

Poema, Consequência, Autor, Poema Livre

Pressione CTRL + D para Adicionar Esta Página aos Seus Favoritos

Sobre o Autor| Política de Privacidade
Contato

Nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar sua experiência ao utilizar nosso conteúdo, além de personalizar publicidades e outros serviços de acordo com seus interesses.