Novidades100

CulináriaInternetDetonadosWallpapersPoesiasVideos

Quem Dera

Quem Dera

ah quem dera,
se o amor fosse bonzinho,
eu não seria tão só,
correndo em busca de carinho,
nas tetas de uma vaca cega.

não seria o mundo tão triste,
num desvario, numa febre infinda,
sangrando lágrimas em dissabores,
a procura de uma morte leve.

não seria tu própria, morena,
tão serena, tão amena,
razão de tanto desgosto,
sem culpa me matando,
sem culpa, mas a teu gosto.


próxima →

Compartilhar Poesia Quem Dera em Imagem

Poema, Quem Dera, Autor, Frankzeffi

Pressione CTRL + D para Adicionar Esta Página aos Seus Favoritos

Sobre o Autor| Política de Privacidade
Contato

Nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar sua experiência ao utilizar nosso conteúdo, além de personalizar publicidades e outros serviços de acordo com seus interesses.