Novidades100

CulináriaInternetDetonadosWallpapersPoesiasVideos

Brado Revoltado

Brado Revoltado

o meu peito guarda
um brado revoltado,
pelos que morreram
nas batalhas trabalhistas,
ou nos covis da repressão,
são homens em camisas de mangas,
e mulheres com desbotados vestidos…
e você ainda riem?
vocês, burgueses famintos,
que comem o pão
dessas mãos suadas,
ainda riem?
vocês, omissos nojentos,
que bebem o sangue
desses corpos mutilados,
ainda riem?
sim, vocês riem,
enquanto gordos assassinos
escondem-se
por trás das cortinas do poder,
erguem as vozes com estranho cinismo
à condecorada guarda:
protejam a nossa pátria: brasil.


próxima →

Compartilhar Poesia Brado Revoltado em Imagem

Poema, Brado Revoltado, Autor, Frankzeffi

Pressione CTRL + D para Adicionar Esta Página aos Seus Favoritos

Sobre o Autor| Política de Privacidade
Contato

Nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar sua experiência ao utilizar nosso conteúdo, além de personalizar publicidades e outros serviços de acordo com seus interesses.