Novidades100

CulináriaInternetDetonadosWallpapersPoesiasVideos

Silêncio

Silêncio

o silêncio era intenso,
de repente quebrado
por um grito de dor.
o sofrimento era amargo e forte,
de repente findado
pelas garras do amor.
e tudo fez-se calmo…
só devagarinho um pranto,
e uma reza,
e as trevas…
findou-se a dor de quem sofria,
iniciou-se a dor de quem amava,
que agora,
lentamente morre.


próxima →

Compartilhar Poesia Silêncio em Imagem

Poema, Silêncio, Autor, Frankzeffi

Pressione CTRL + D para Adicionar Esta Página aos Seus Favoritos

Sobre o Autor| Política de Privacidade
Contato

Nosso site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar sua experiência ao utilizar nosso conteúdo, além de personalizar publicidades e outros serviços de acordo com seus interesses.